A+ A A-

Graduação em Destaque

Alunos oferecem oficina sobre alimentação saudável para escola de Limeira

 

DSC 9278
Clique nas imagens e veja mais fotos!

                                              

Nesta semana, cerca de 40 alunos da Escola Municipal de Educação Infantil Padre Maurício Sebastião Ferreira vieram até a Faculdade para participar de uma oficina sobre alimentação saudável, preparada pelos alunos do curso de Nutrição.

Os graduandos prepararam práticas e jogos informativos sobre conceitos gerais relacionados à alimentação saudável; explicaram para os pequenos sobre as propriedades de vitaminas e minerais; e levaram todos para o Laboratório de Técnica Dietética, onde cada um pode preparar seu próprio lanche saudável.

A atividade fez parte da conclusão das disciplinas Nutrição e Dietética (sob responsabilidade da Profª Marciane Milanski) e Metodologias Pedagógicas em Saúde (Profª Marta Fuentes) e foi proposta pela aluna Josiane Miyamoto, mestranda do CNEM - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição e do Esporte e Metabolismo, como parte de seu Programa de Estágio Docente.

Veja mais aqui. 

Inédita no país, disciplina treinador esportivo desperta interesse de alunos na FCA

 

treinador 2Vita Haddad, preparador físico da Seleção Brasileira Feminina de basquete, fala aos alunos durante aula da discplina

                                              

O curso de Ciências do Esporte da Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp está oferecendo neste semestre, de forma inédita, a disciplina de graduação denominada Treinador Esportivo. Apesar de ser uma disciplina eletiva (ou seja, não obrigatória), as 60 vagas esgotaram-se rapidamente assim que as inscrições foram abertas e vários alunos permaneceram na lista de espera – sinal de que o assunto desperta bastante interesse entre os graduandos.

O Brasil é um dos poucos países nos quais a profissão é regulamentada, mas figura do treinador ainda é pouco estudada pela Universidade. Em 1993 foi promulgada a lei 8.650/93, que reconhece a profissão de treinador de futebol e, em 1998, com a lei 9696/98, foi reconhecida a função de treinador esportivo. Entretanto, nos cursos de Ciências do Esporte e Educação Física, é normalmente enfatizado o conhecimento técnico das modalidades esportivas e a discussão mais ampla sobre a figura do treinador, seu conhecimento profissional, interpessoal e intrapessoal fica (ou ficava, até este momento) diluída em outras disciplinas da grade. Veja mais aqui. 

Alunos produzem vídeos que discutem o acidente de trabalho como construção social

 

SANDRA GEMMAProfª. Sandra Gemma, dos cursos de Engenharia de Produção e Manufatura e responsável pela disciplina Higiene e Segurança do Trabalho para a qual os alunos produziram os vídeos

                                              

 

O acidente de trabalho é uma construção social e, portanto, não pode ser visto simplesmente como decorrência de uma "falha", "insucesso" ou "descuido" individual do trabalhador. Há fatores tecnológicos, econômicos e políticos que determinam as condições sociais para que o acidente ocorra e que deveriam ser levados em conta quando se propõe uma análise de suas causas – o erro não pode ser individualizado. Estes conceitos foram discutidos no segundo semestre deste ano na disciplina Higiene e Segurança do Trabalho, sob responsabilidade de Sandra Gemma, professora dos cursos de Engenharia de Produção e Manufatura e especialista em ergonomia, saúde e trabalho.

Com o apoio de uma densa bibliografia acadêmica, aproximadamente 120 alunos foram divididos em grupos e traduziram os conceitos relacionados à temática da disciplina para o formato de vídeos, os quais compuseram a avaliação final do semestre. 
Veja mais neste link. 

 

Competição interdisciplinar da engenharia está na sétima edição

 

IMG 2598
Equipe formada apenas por meninas conquistou o segundo lugar da competição. "A diferença de pontuação em relação aos primeiros colocados foi mínima", afirmou a Profª. Ana Pereira. Equipe formada pelas alunas Larissa Vianna Correia, Luisa Garcia Pintor, Isabella Christine Santiago Dibbern, Isabelle Yazigi Leite e Carolina Schettino Silva

                                              

A já tradicional competição de carrinhos da engenharia, organizada pelos professores Ana Pereira e Eduardo Okabe, é realizada desde o primeiro ano de funcionamento da Faculdade (2009) e cada edição traz uma proposta diferente: os alunos das engenharias de manufatura e produção já tiveram que construir carrinhos movidos a foguete d'água, catapultas, dispositivos para aparar a queda de um ovo e impedir que ele quebre, carrinhos movidos à ratoeira, etc.

Neste ano de 2015 o desafio foi projetar e construir um protótipo em escala que utilizasse o conceito de aproveitamento da energia da chuva. O protótipo deveria impulsionar um pequeno veículo em linha reta, convertendo a energia potencial de dois litros de água a um metro de altura. Quanto mais as equipes otimizassem a transformação desta energia potencial em energia cinética, ou seja, quanto maiores as velocidades e distâncias percorridas pelos carrinhos, maior seria a pontuação do grupo - além da pontuação de criatividade do projeto. No total, vinte e nove equipes participaram das eliminatórias, sendo que as oito melhores foram classificadas para a etapa final da competição.

A competição é interdisciplinar e vale notas para os alunos nas disciplinas Física Experimental I e Metodologia de Projetos. “Os grupos utilizam os conhecimentos adquiridos nas disciplinas e, deste modo, têm a oportunidade de aplicar os conceitos teóricos em uma atividade prática”, explica a Professora Ana. A competição também conta com a participação de alunos do curso de Engenharia Física, do campus de Barão Geraldo.

Veja os vídeos das equipes vencedoras da competição de 2015 na fanpage da FCA.

 

Primeira aula da disciplina fundamentos do poquer conta com presença maciça de alunos

 

poquer primeira aula
Sala lotada na aula de abertura da disciplina Fundamentos do Poquer (Foto: Rafaela Pille/Revista Universo Poker)

                                              

 Mais de 130 alunos de todos os cursos da FCA – além de outros do Cotil e também da FT – lotaram a sala onde ocorreu, na quarta-feira, dia 07, a aula de abertura do curso da disciplina Fundamentos do Poquer, matéria eletiva idealizada pelo Professor Cristiano Torezzan, do Curso de Ciências do Esporte.

André Akkari, jogador profissional e campeão mundial de poquer em 2011, também esteve presente e, durante mais de duas horas, respondeu, juntamente com Igor Trafane (presidente da Confederação Brasileira de Texas Hold'em), perguntas sobre como esse esporte da mente pode ensinar habilidades de negociação, cálculos financeiros, análise de riscos para investimentos e padrões de comportamento, etc. Muitos dos alunos que assistiam a aula ainda não praticam o esporte regularmente, mas se dizem interessados em conhecer mais, inclusive para poder aplicar as habilidades na vida profissional.
Veja mais neste link. 

FCA bate seu próprio recorde em ponte de espaguete

 

ponte 2014Grupo vencedor conseguiu construir ponte de espaguete que suportou 162 kilos

                                              

Alunos do curso de Engenharia de Manufatura bateram o recorde da faculdade e construíram uma ponte de espaguete que suportou 162 kilos. Ano passado, o peso máximo suportado havia sido 134 kilos.

A competição universitária de pontes de espaguete é famosa no brasil e no exterior e todos os anos as faculdades de engenharia realizam seus próprios torneios e comparam resultados. Na FCA, o projeto e construção da ponte valem 20% da nota final do semestre e a competição é acompanha de perto por toda faculdade. É interessante notar que, caso a Faculdade estivesse inscrita na competição mundial, teria conquistado a 11ª posição, vindo logo após a Universidade Federal de Minas Gerais e na frente de instituições de Portugal, Hungria e Sérvia. 
Veja mais neste link. 

 

 

Ingressantes das Engenharias projetam relógio de sol para a Faculdade

 

DSCF4355Thiago e seu grupo apresentam projeto para os professores Arguello (centro), Cristiano Torezzan e Mariana Costa

                                              

Alunos do primeiro ano dos cursos de Engenharia de Produção e Engenharia de Manufatura da FCA desenvolveram um projeto para construção de um relógio de sol que, se aprovado, será realmente construído. O relógio deve compor a identidade visual da Faculdade e será uma marca física que os próprios estudantes deixarão na história da instituição. Os grupos de alunos prepararam as maquetes durante as aulas da disciplina de Introdução à Engenharia e as diferentes propostas foram analisadas também por Carlos Alfredo Arguello, ex-diretor e professor do Instituto de Física da Unicamp por trinta anos.

Arguello, que também é astrônomo e navegador, dedica-se há mais de 20 anos a pesquisar diferentes relógios de sol pelo mundo e foi convidado pelo Professor Cristiano Torezzan e Professora Mariana Costa para conceder uma palestra sobre o assunto para os alunos da Faculdade. "Existem inúmeras formas de se construir um relógio de sol e a tarefa pode envolver cálculos complexos, apesar de ser aparentemente simples", diz ele.
Veja mais neste link.