A+ A A-

Iniciativa aproxima gestores municipais de Limeira e alunos de Administração Pública

DSC 6077

                                       Projeto do LESP/OPP é pioneiro em Limeira e aproxima gestores municipais e alunos de Administração Pública

 

Texto e Fotos | Cristiane Kämpf (Assessoria de Comunicação FCA/Unicamp)

 

No início de abril aproximadamente 20 gestores municipais e de organizações da sociedade civil de Limeira vieram à Faculdade para um encontro com mais de 100 alunos do curso de Administração Pública. O evento, organizado pelo Laboratório de Estudos do Setor Público (LESP) por meio de uma de suas iniciativas, o Observatório de Políticas Públicas (OPP), faz parte da disciplina Laboratório de Políticas Públicas e teve como objetivo promover um estreitamento da relação entre os administradores públicos da cidade e os alunos e professores do curso de Administração Pública da Faculdade, os quais pesquisam sobre e trabalham com políticas públicas no Brasil. O Observatório de Políticas Públicas é fruto do Laboratório de Estudos do Setor Público (LESP FCA/Unicamp), coordenado pelos professores Oswaldo Gonçalves Junior e Milena Pavan Serafim, do curso de Administração Pública.

Estiveram presentes na Faculdade representantes de todas as secretarias da prefeitura: educação, saúde, esporte, gestão estratégica, relações internacionais, serviços ambientais e obras, e seus gestores apresentaram aos alunos diversos desafios que a cidade de Limeira enfrenta atualmente nestas áreas. Ao longo do semestre, os alunos se dividiram em grupos e, orientados pelos professores, apresentaram, como trabalho de conclusão da disciplina de Laboratório de Políticas Públicas , projetos teórico-práticos de intervenção e enfrentamento para diversas questões apresentadas. As propostas dos alunos foram compartilhadas com os funcionários da prefeitura e de outras organizações e, conforme o caso, serão colocadas em prática.

Katia Cirelli, assessora executiva da Secretaria de Gestão Estratégica, esteve presente no evento e avalia a iniciativa como fundamental. “Aqui temos a próxima geração de administradores públicos. Precisamos urgentemente profissionalizar a gestão pública no país e, para isso, é essencial que os alunos tomem conhecimento, o mais cedo possível, sobre os problemas que a gestão pública enfrenta, já que são eles mesmos que vão ter que lidar com estas questões no futuro. Esperamos que os alunos consigam desenvolver produtos que possamos utilizar imediatamente”.

 

LESP E OPP: práticas acadêmicas ligadas à realidade local

 

Como esclarece a Professora Milena, o objetivo do LESP e do OPP é produzir pesquisas acadêmicas que estabeleçam relações mais estreitas com o município, com o setor público e com os movimentos sociais, e assim gerar resultados que contribuam para a melhoria do conjunto como um todo. “Nosso objetivo é produzir práticas acadêmicas ligadas à realidade local. Este evento é resultado de um esforço para buscar conhecer quais são os problemas reais que a sociedade em geral e a administração pública limeirense vivenciam e quais são as situações sociais com as quais ela tem que lidar. Trazendo estas questões para dentro da sala de aula, os alunos podem trabalhar com a realidade e, ao mesmo tempo, estabelecer paralelos com os conteúdos teóricos e conceituais abordados tanto nesta disciplina quando em outras.  Aplicar conceitos e metodologias de diagnóstico e de planejamento para delimitar ações e estratégias para minimizar os problemas, prever recursos humanos e financeiros, contabilizar riscos, analisar diferentes atores, etc.”

O projeto do LESP/OPP, criado em 2014, é pioneiro na cidade. A própria professora Milena conta que, em sua época de graduação em administração pública, não teve este tipo de oportunidade em sala de aula. “É essencial poder experimentar, como aluno, através de uma atividade prática em laboratório, o que é ser um gestor público”, avalia.

Para a aluna Thais Aparecida Dibbern, que pretende seguir carreira acadêmica na área de direitos humanos, a aproximação proporcionada pelo Observatório é interessante tanto para a universidade quanto para a administração pública da cidade. “De um lado, os estudantes podem ter um maior contato com a realidade e adquirir mais conhecimentos acerca do ciclo de uma política pública. Por outro lado, o setor público ganha ao receber uma possível solução para um determinado problema. Com esta disciplina, o estudante contribui tanto com a cidade quanto com sua própria formação”. 

 

lesp logo