A+ A A-

Alunos e professores da Faculdade são selecionados para o Projeto Rondon 2018

DSC 9358
Turma de alunos e os professores Luciano Mercadante e Mauro Cardoso, selecionados para participar do Projeto Rondom 2018 (foto: Kadine Ramos, bolsista da Área de Comunicação da FCA)

 

Uma turma de dez alunos da FCA e da Faculdade de Tecnologia (FT), juntamente com os professores Luciano Mercadante (Ciências do Esporte), Mauro Cardoso (Núcleo Geral Comum) e Dennys Cintra (curso de Nutrição), foram selecionados para participar da Operação Pantanal do Projeto Rondon 2018 e, em julho do ano que vem, viajarão para o município de Miranda, no Mato Grosso do Sul, para desenvolver oficinas educativas com a comunidade local. O projeto, desenvolvido pelo Ministério da Defesa em parceria com governos estaduais, municipais e Instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas, contribui para a formação cidadã do jovem universitário e para o desenvolvimento das comunidades beneficiadas. 

Segundo o site do Ministério da Defesa, o Projeto Rondon já realizou 78 operações, em 1.164 municípios de 24 Estados, com a participação de 2.219 Instituições de Ensino Superior e 21.935 rondonistas (universitários e professores), atingindo cerca de 2 milhões de pessoas. O Prof. Luciano informa que o projeto submetido e aprovado contempla oficinas na área de esportes, educação, saúde e administração pública. Ele conta que fará uma viagem prévia até Miranda para conhecer de perto a realidade e as necessidades do município e que as propostas do projeto serão adaptadas e reformuladas pelo grupo conforme essas necessidades. "Nosso objetivo é fazer algo significativo para a comunidade do município, desenvolvendo com eles conhecimentos e habilidades em nossas áreas de conhecimento, as quais a comunidade possa reproduzir depois". Os alunos participantes do projeto são: Priscila Morgon Arruda e Lucas do Carmos Garcia (Engenharia Ambiental - FT); Luana Clara de Souza Cordeiro e Clóvis Vilas Boas (Administração Pública - FCA); Laila Nunes de Oliveira Santos (Administração - FCA); Thiago Jinguji Kai e Felipe R. de Oliveira (Ciências do Esporte - FCA); Erica de Matos Miranda (Tecnologia da Construção de Edifícios - FT); Camila Yamashita e Beatriz Adachi (Nutrição). 

 

Gazeta de Limeira destaca atuação da FCA em discussões sobre cidades inteligentes

Em matéria divulgada dia 31 de dezembro/2017, a Gazeta de Limeira destacou as discussões e propostas apresentadas durante o 1º Seminário Smart Cities, organizado pelo Laboratório de Negócios Sustentáveis (SB Lab), sob coordenação da Profa. Ieda Kanashiro Makiya, do curso de Administração. A reportagem entrevistou vários membros do laboratório e apontou iniciativas desenvolvidas pelo grupo de pesquisa em conjunto com o poder público da cidade, além de destacar também a discussão sobre energia solar, desenvolvida durante o seminário pela organização estudantil Sinergia. Confira! 

 

Paügina 10 1

Mulheres no esporte: por que ainda são poucas as treinadoras esportivas?

A 14ª edição da revista FCA Abre Aspas trouxe como destaque a matéria "Pesquisadoras do LEPE são selecionadas para academia japonesa de formadores de treinadores" , a qual destaca o intercâmbio estabelecido entre o Laboratório de Estudos em Pedagogia do Esporte, através da Profa. Larissa Galatti e da doutoranda Paula Korsakas, com a Academia Japonesa de Formadores de Treinadores. Larissa e Paula pesquisam e ensinam sobre formação de treinadores esportivos. Veja aqui o que elas dizem sobre as razões para existência de um número ainda muito pequeno de treinadoras esportivas no Brasil e confiram a matéria completa neste link. 

"Larissa lembra que, de 1965 a 1979, houve no Brasil uma legislação que proibia certas modalidades esportivas para mulheres (como lutas e futebol, por exemplo) e que, portanto, as barreiras que ainda existem hoje, inclusive culturalmente, têm origens históricas. 'Imagine você, uma proibição por lei! E algumas pessoas ainda falam que o esporte feminino é menos desenvolvido porque as mulheres têm menos interesse…será mesmo? Se havia até uma lei proibindo a participação feminina em certos esportes, imagina o que isso não gerou na cabeça das pessoas, no imaginário popular... Foram decisões tomadas por uma sociedade machista que acabaram gerando várias consequências danosas. Até hoje muitas mães preferem colocar as meninas no balé do que no futebol, por exemplo...', alerta a professora." 

 

ABRE ASPAS 14 FINAL 12

ABRE ASPAS 14 FINAL 18

Inscrições abertas para submissão de trabalhos: III Encontro Regional de Pesquisa Operacional do Sudeste

Estão abertas até 16 de março as inscrições para submissão de trabalhos para o III Encontro Regional de Pesquisa Operacional do Sudeste, que irá ocorrer na Faculdade de 02 a 04 de maio. Veja mais informações na imagem abaixo e no site do evento. 

"O evento tem como objetivo principal disseminar e edificar as atividades de Pesquisa Operacional na região Sudeste, através da troca de conhecimentos e experiências entre pesquisadores, profissionais e estudantes de diversas regiões do país. A iniciativa é apoiada pela Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional (SOBRAPO) e organizada por docentes do Centro de Pesquisa Operacional da Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp, na cidade de Limeira-SP.

O Centro de Pesquisa Operacional da FCA (CPO FCA Unicamp) foi criado no início de 2016 e fomenta atividades integradas de pesquisa, ensino e extensão na área de Pesquisa Operacional (PO). Segundo seus coordenadores, Prof. Washington Alves de Oliveira e Prof. Cristiano Torezzan, o centro irá contribuir para o desenvolvimento de projetos de pesquisas interdisciplinares; formação de recursos humanos na área de PO; disseminação de tecnologia e conhecimento e promoção de eventos diversos que contribuam para troca de conhecimento entre seus integrantes e a sociedade de Limeira e região.

O CPO é constituído por três laboratórios de pesquisa: Laboratório de Sistemas de Informação e de Apoio à Decisão (LASIAD, coordenado pelo Prof. Leonardo Tomazeli Duarte e que se dedica à produção de métodos quantitativos e à resolução de problemas de apoio à decisão e ao tratamento da informação); Laboratório de Simulação (SimuLab, coordenado pelo Prof. Anibal Tavares Azevedo e que desenvolve estratégias e metodologias que combinem conceitos de simulação e otimização na área de manufatura, cadeia de suprimentos e terminais de contêineres); e o Laboratório de Modelagem Industrial e Otimização (MIO, coordenado pelo Prof. Cleber Damião Rocco, e que promove a pesquisa aplicada e a extensão com foco em problemas encontrados nos contextos industriais e agroindustriais dos diversos setores da economia)"

 

26195413 10213322255322553 7011362983378278354 n

Subcategorias